Sede OLIST

Reforma

Bernardo Richter, Fernando Caldeira de Lacerda e Pedro Amin TavaresPor Bernardo Richter, Fernando Caldeira de Lacerda e Pedro Amin Tavares

Comercial

Projeto realizado em 2020

História Reformar um shopping abandonado para transformá-lo no novo escritório do Olist. Dentro de um orçamento rígido, o cliente pediu fosse um espaço integrado de arquitetura minimalista e contemporânea, no qual a luz deveria ser protagonista, pois estavam saindo da cobertura do Shopping Itália, onde se via toda cidade, para um ambiente mais fechado.

Proposta e solução Em uma área de mais de 5 mil m², onde funcionava o antigo Shopping Champagnat, criamos o novo escritório do Olist. Nosso ponto de partida foi olhar para o problema: uma planta muito segmentada por conta da estrutura de duas torres existentes no prédio. Para minimizar isso, criamos alguns volumes que abraçam essas estruturas e abrigam todos os espaços fechados e de reuniões. Essa organização em núcleos facilita a leitura do projeto e do espaço em si. São três andares de escritório. No piso inferior, com pouca luz natural, a solução foi trazer uma floreira iluminada com mais de 60 m. As lâmpadas, que simulam a luz do dia, tornam o ambiente mais agradável e humano. Por fim, a sensação de integração - já existente devido ao vão central do antigo shopping - foi ampliada com a retirada dos forros, que valoriza o pé direito de 4,3 m. A cor branca predomina no projeto e, aliada às superfícies curvas, espalha a luz pelo espaço, criando continuidade e suavidade.

Apoio
  • Materiais

  • Acabamento

Carpet, porcelanato, drywall, vidro. Por ser um projeto muito grande e de orçamento limitado, era necessário que os materiais tivessem um custo mais baixo.

ARQUEA ARQUITETOS

Rua Coronel Assumpção, 73

Alto da XV - Curitiba/PR - Brasil

Entre em contato com o profissional

Termos de UsoPolítica de Privacidade.*Alertamos que as informações preenchidas neste formulário serão compartilhadas (por e-mail) com o profissional ou escritório que assina este projeto, assim como com os administradores da plataforma Portfólio HAUS, de propriedade da Editora Gazeta do Povo S.A, para fins de acompanhamento do projeto.